Como reclamar - Comprando Fora

Como reclamar

Você não só pode como deve reclamar, se alguma coisa der errado com a sua compra.

Sabia que dá até para pedir indenização?

Como fazer isso?

No site dos Correios, é possível encontrar essa orientação. Lá diz que existem normas postais internacionais e nacionais, que definem que a encomenda postal pertence ao vendedor, enquanto não tiver sido entregue ao comprador. É o vendedor que tem direito à indenização, se a encomenda que ele enviou não for entregue.

Quem pode pedir indenização?

Se você comprou alguma coisa que não chegou até a sua casa, embora o vendedor tenha feito o envio, é ele que precisa pedir a indenização ao correio. É você quem precisa orientá-lo sobre isso. O valor da indenização vai depender do serviço contratado. Quem enviou a encomenda precisa fazer a reclamação no local onde ela foi postada, para iniciar o processo de indenização.

Quem pode pedir indenização?

Se você comprou alguma coisa que não chegou até a sua casa, embora o vendedor tenha feito o envio, é ele que precisa pedir a indenização ao correio. É você quem precisa orientá-lo sobre isso. O valor da indenização vai depender do serviço contratado. Quem enviou a encomenda precisa fazer a reclamação no local onde ela foi postada, para iniciar o processo de indenização.

Pagamento

Se o vendedor desistir do seu direito à indenização e autorizar que o pagamento seja feito ao comprador, você poderá receber essa indenização aqui mesmo no Brasil.

Prazo

A reclamação de indenização pode ser feita no prazo máximo de seis meses, a contar da data de postagem. Se ele não fizer a reclamação dentro desse prazo, conclui-se que desistiu do seu direito e a indenização poderá ser do comprador

Pedido de informação

Para começar o processo de indenização, o comprador tem que abrir um Pedido de Informação (PI) no canal de atendimento dos Correios. O comprovante de postagem é indispensável! Mas o Comprando Fora espera que nada disso seja necessário e que a sua compra chegue direitinho até o seu endereço.

Se você pediu para sua compra ser entregue por algum serviço de courier (Como FedEx, DHL etc.), a reclamação deve ser feita diretamente com as empresas. Consulte o nosso tópico Entrega {LINK}, para saber como entrar em contato com cada uma das empresas de courier

Internet

1) Acesse o site dos Correios www.correios.com.br;

2) Clique em “Fale com os Correios”;

3) Em “Fale Conosco” clique em “Atendimento via internet”

4) Em “Você deseja registrar um (a)” escolha “Reclamação”;

5) Em “Atendimento” escolha “Objeto postado com destino ou origem internacional”.

Preencha o formulário com todos os dados solicitados;

6) Quando terminar clique em “Enviar”. Depois de enviar, os Correios entrarão em contato com você para esclarecer qualquer dúvida.

Telefone

3003-0100 - Capitais e Regiões Metropolitanas;

0800 725 7282 - Demais localidades;

0800 725 0100 - Informações sobre objetos registrados, reclamações, sugestões e elogios;

Atendimento de segunda a sexta das 8h às 20h, e aos sábados das 8h às 18h

(exceto feriados nacionais)

Boca no trombone

Se nada disso der certo, divulgue sua reclamação nas redes sociais para que outros consumidores desavisados não caiam na mesma armadilha:

Ministério Público Federal

No site do Ministério Público Federal você pode encontrar o link para o Ministério do seu Estado, para onde precisa encaminhar a sua reclamação. O comércio eletrônico é foco de um dos grupos de trabalho do MPF.

http://3ccr.pgr.mpf.mp.br/institucional/grupos-de-trabalho/tecnologias-da-informacao-e-da-comunicacao/gt-tecnologias

Reclame Aqui

O site atua há 13 anos como um ótimo canal de comunicação entre consumidores e empresas de todo o país. Mantém um cadastro com as empresas mais e menos reclamadas e permite compartilhar a reclamação no Facebook e em outras redes sociais.

http://www.reclameaqui.com.br/

Reclamão

Funciona mais ou menos como o Reclame Aqui, mas se você quiser, pode pagar uma taxa para ter a ajuda do site para obter uma resposta para a sua reclamação ou falar com um advogado que pode ajuda-lo judicialmente.

https://www.reclamao.com/

Denuncio

Também é um bom canal não só para registrar a reclamação como também para pesquisar sobre a reputação da empresa com quem você pretende fazer negócio, consultando os rankings do site.

http://denuncio.com.br/

Fóruns no Facebook

Procon

Existem 842 filiais do Procon em todos os estados brasileiros. Procure o Procon mais próximo de você neste link:

http://www.portaldoconsumidor.gov.br/procon.asp?acao=buscar

GUIAS DE COMPRAS
Guias que podem te ajudar

Comprando roupas no AliExpress
27/08/2015 Por: Comprando Fora Consultoria

A grande dúvida de quem decide comprar roupas no AliExpress é se elas terão qualidade ou não. Às vezes, pela foto você consegue identificar que o tecido não é tão bom assim, ou que a estampa é meio desbotada, ou que a costura não é das melhores. Mas nem sempre…

O que fazer se o seu produto ficar retido na alfândega?
Por: Comprando Fora Consultoria

Não é uma notícia muito agradável de ser recebida, a de que sua encomenda ficou retida na Receita Federal. Mas pode acontecer. Neste caso, você receberá uma notificação dos correios e deverá ir até a agência para retirar a sua encomenda e pagar os impostos determinados pela Receita Federal.

 

Mas nesta vida para tudo há uma solução, já diziam as nossas avós. Assim, o Comprando Fora vai dividir com você um passo a passo de como pedir a revisão do imposto de importação das suas encomendas.

 

O divisor de águas, no caso das encomendas em sites internacionais, é o valor de US$ 50. As compras até este valor são isentas de impostos. Mas acima de US$ 50, estarão sujeitas à taxação de 60% sobre o valor do produto. Também existe diferença, no caso de a compra ser feita de pessoa física ou jurídica.   

 

Para pedir a revisão, siga o passo a passo.

Glossário de termos de e-commerce e alfândega
Por: Comprando Fora Consultoria

Quando você esbarrar em alguma palavra difícil de entender, consulte o nosso glossário.

 Fonte: CNPq

Vai viajar? Compre e peça para entregar no hotel
21/08/2015 Por: André Franco

Por que perder um tempo precioso da sua viagem de férias batendo perna em lojas físicas, se você pode adiantar boa parte das compras daqueles produtos que você compra de olhos fechados nas lojas online?

Muita gente descobriu que pode adiantar as comprinhas e pedir para entregar no hotel, enquanto visita parques e museus.

O Comprando Fora preparou este passo a passo para orientar você sobre como fazer isso.

Novidades relacionadas

Promoção
Compras online de importados ganham nova taxa de R$ 12 dos Correios
03/09/2015 - Por: Comprando Fora Consultoria Sem comentários
Mercado
A gente torce para melhorar
07/09/2015 - Por: Sonia Racy Sem comentários
Mercado
Como funciona um cartão pré-pago para compras internacionais
03/09/2015 - Por: Comprando Fora Consultoria Sem comentários
Mercado
eBay está testando serviço para concorrer com o Amazon Prime
- Por: Comprando Fora Consultoria Sem comentários

Veja o que as pessoas estão perguntando sobre esse assunto