Taxas e impostos - Comprando Fora

Taxas e impostos

Aqui, o Comprando Fora reuniu todas as informações sobre os valores a serem pagos ao se importar um produto.

.

COMO FUNCIONA O CÁLCULO?

Muitos fatores influenciam no valor total da sua compra. É preciso fazer a conta para ter certeza que, mesmo com os impostos e taxas a serem pagos, a compra continua vantajosa. Na maioria dos casos, a resposta é sim!

A calculadora do Comprando Fora pode ajudar quem já realizou a compra saber qual é o valor aproximado que pagará de imposto e se pagará. Além de auxiliar a compra de quem está querendo comprar um produto saber o valor total da compra.

 

Veja abaixo uma simulação para você ter uma ideia de quanto gastaria, conforme o valor do produto desejado. Importante notar que a nossa calculadora considera somente compras feitas por PF (pessoa física), e não jurídica. Além disso, apresenta valores estimados.

.
.

Atualizando cotações

.
.
Em que moeda está o valor?
 
.
.
Valor do produto
.
.
IOF de 6% do valor do produto aplicado a esse meio.
.
.
Caso a sua compra ainda não tenha sido realizada, utilize esse campo para simular o frete do produto
.
.
Código de rastreio
 
.
.
Continente
 
.
.
CEP
 
.
.
O valor aproximado da sua compra será de:

R$ 0,00*

.
.
.

Regras de taxação

Entenda as diferenças:
DE PESSOA FÍSICA
DE PESSOA JURÍDICA

Ao comprar de lojas virtuais internacionais que vendem produtos de terceiros, como o AliExpress ou eBay, a venda pode ser considerada de pessoa física isto porque estas lojas online são marketplaces. A palavra é uma junção dos termos ingleses market, que significa "mercado" e place, que significa "lugar". O mercado pode acontecer em um espaço físico (real) ou em um espaço virtual.

 

Preste atenção nos dados do vendedor, para saber se é pessoa física ou jurídica.

Até US$ 50 ate_50_PF

Encomenda enviada de pessoa física para pessoa física no valor de até 50 dólares tem isenção de impostos, desde que não haja qualquer indício que caracterize prática de comércio.

Até US$ 500 ate_500_PF

Se forem usados os serviços dos Correios, o imposto será pago em dinheiro no momento da retirada do produto, na própria unidade de serviço postal, sem qualquer formalidade aduaneira.

Usa-se a Nota de Tributação Simplificada (NTS), com taxação de 60% sobre o valor relativo ao imposto de importação.

Entre US$ 500 e US$ 3.000 ate_3000_PF copy copy

O destinatário deverá apresentar a Declaração Simplificada de Importação (DSI). Neste caso, aplica-se o Imposto de Importação e o Imposto sobre Operações relativas à Circulação de Mercadorias e sobre Prestações de Serviços de Transporte Interestadual e Intermunicipal e de Comunicação (ICMS). Também é preciso pagar a taxa de despacho aduaneiro de R$ 150 nos Correios.

 

US$ 3.000 ou mais 3000_mais_PF

Este é o valor máximo dos bens a serem importados por meio de comércio eletrônico, de acordo com as regras da Receita Federal. Neste caso, a Receita Federal exige um documento chamado Declaração de Importação (DI).

 

 

 

Exceções: Isenção de impostos ate_50_PJ

Livros, jornais e periódicos, além de medicamentos com receita médica, são isentos de impostos de importação.

Até US$ 3000 ate_3000_PJ

O destinatário deverá apresentar a Declaração Simplificada de Importação (DSI). Neste caso, aplica-se o Imposto de Importação e o Imposto sobre Operações relativas à Circulação de Mercadorias e sobre Prestações de Serviços de Transporte Interestadual e Intermunicipal e de Comunicação (ICMS). Também é preciso pagar a taxa de despacho aduaneiro de R$ 150 nos Correios.

 

No caso de empresas de transporte internacional expresso, porta a porta (courier), o pagamento do imposto é realizado pela empresa à Receita Federal. Assim, ao receber a remessa, o valor do imposto será uma das parcelas a ser paga à empresa.

Acima de US$ 3.000 ate_3000_PJ

Neste caso, a Receita Federal exige um documento chamado Declaração de Importação (DI). É preciso contratar despachante aduaneiro autorizado.

Outras situações

icone01
Revisão de tributação

Se você não concordar com o valor cobrado na tributação da sua encomenda, pode recorrer e pedir uma revisão para a Receita Federal.

icone02
Documentos necessários

Para pedir revisão da tributação, é preciso ter todos os comprovantes e a documentação exigida é:

- Anúncio do produto que você comprou, com o valor no fechamento da compra (pode ser o print do site).

- Fatura do cartão de crédito com o valor do débito.

- Nota fiscal – comprovante eletrônico da mercadoria.

- Formulário fornecido pelos Correios ou e-mail, com toda documentação.

icone03
Quando pedir

O procedimento deve ser feito antes do pagamento dos tributos. Ele será o seu documento de contestação junto com os comprovantes da compra. Os Correios encaminham esse material para a Receita Federal, que avaliará o pedido individualmente e poderá corrigir o valor do imposto a ser pago.

icone04
Se a redução for aprovada

Neste caso, você receberá em sua residência um novo comunicado emitido pelos Correios que também pode ser consultado pelo site (http://www.correios.com.br), para comparecer à agência, pagar ou receber a devolução do valor devido e retirar sua mercadoria.

icone05
Se a redução não for aprovada

Se o pedido for negado, continua valendo o valor da primeira notificação e, se você não retirar sua encomenda em até 30 dias, além do imposto, deverá pagar também uma multa.

icone06
Multa

Não é uma boa ideia pedir ao vendedor declarar valor inferior ao que foi pago. Se sua encomenda cair na amostra e o fiscal desconfiar do valor declarado, além de pagar o tributo, você terá que pagar uma multa de mais 50% sobre o valor total do produto, por tentativa de fraude.

Novidades relacionadas a taxas e impostos

Mercado
A gente torce para melhorar
07/09/2015 - Por: Sonia Racy Sem comentários
Mercado
Como funciona um cartão pré-pago para compras internacionais
03/09/2015 - Por: Comprando Fora Consultoria Sem comentários
Mercado
eBay está testando serviço para concorrer com o Amazon Prime
- Por: Comprando Fora Consultoria Sem comentários
Promoções
Amazon lança frete gratuito para pequenos itens
- Por: Comprando Fora Consultoria Sem comentários

Veja o que as pessoas estão perguntando sobre este assunto